Minhas tardes com Margueritte




Alguém já ouviu o termo feel good movies? Não? Então explico. Feel good movies são aqueles filmes que nos fazem bem através de um final inspirador e belo.Todos os percalços enfrentados pelos personagens são compensados no final.O mais brilhante nesses filmes é que essa boa sensação transferida à quem assiste,não ocorre através de clichês ou cenas piegas.È a vida como ela é. E sim as vezes ela é simples e bela.
Simples e bela... são dois adjetivos que se encaixam perfeitamente com Minhas tardes com Margueritte. A história é bem banal: Homem bruto( Gerard Diperdieu,excelente) e iletrado com um grande coração encontra em uma tarde numa praça uma senhora de noventa e cinco anos alimentando os pombos. Conversa vai,conversa vem e nasce uma grande amizade. Ele descobre que ela é amante da literatura e ela descobre que ele é amante da vida apesar de sofrer seus maltratos.
È um filme sobre amor. Amor a literatura,ao próximo e a vida.Recomendo!

Trailer:


CURIOSIDADES
Do mesmo diretor de Conversas com Meu Jardineiro.
Baseado no livro de Marie-Sabine Roger.

Ficha Tecnica:
Diretor: Jean Becker
Elenco: Gérard Depardieu, Gisèle Casadesus, Maurane, Patrick Bouchitey, Jean-François Stévenin, François-Xavier Demaison, Claire Maurier, Sophie Guillemin
Produção: Louis Becker
Roteiro: Jean Becker, Jean-Loup Dabadie
Fotografia: Arthur Cloquet
Trilha Sonora: Laurent Voulzy
Duração: 82 min.
Ano: 2010
País: França
Gênero: Drama
Cor: Colorido

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comentários:

Entretidoo.com disse...

Caramba, vai ser bom hein!

Vanessa Santos disse...

Esse filme é uma delicia de se ver!È bom mesmo!

renatocinema disse...

Gostei da dica. Sou fã de filmes com finais arrebatadores, porém, vez ou outra um final meigo faz bem.

Abraços
Renato

www.renatocinema.blogspot.com

Vanessa Santos disse...

@renatocinema
Faz sempre bem!Outro filme com final meigo é A invenção de Hugo Cabret! Seja bem vindo Renato!

Postar um comentário