Garota da Vitrine


"Ao ver Mirabell se afastar, Ray Porter sentiu uma perda. 'Como é possível?', pensou ele, sofrer por uma mulher que ele manteve a distância. Para não sentir a falta dela quando ela fosse embora. Só entao percebeu o quanto querer só uma parte dela, e não ela inteira fez os dois sofrerem. E como não podia justificar seus atos, exceto por a vida ser assim."

Baseado em seu próprio livro, Shop Girl, e dirigido pelo diretor britanico Anand Tucker, a história começa com o cotidiano de Mirabelle( Claire Danes). No trabalho como atendente do departamento de luvas ela observa casais, mulheres, as próprias colegas de trabalho. Desse ínicio já percebemos que até então ela passa pela vida como observadora. Uma solitária observadora da vida. A única atividade que ela exerce para descarregar seus sonhos de uma vida melhor é através de sua arte à noite,quando chega do trabalho. 


Em um dia qualquer, na lavanderia do prédio conhece Jeremy (o talentoso Jason Schwartzman),um desastrado criador de fontes para computadores com pouca ambição e menos dinheiro ainda. Ainda que sua falta de jeito e perspectivas sejam fatores de repelencia ela inicio um relacionamento com ele. Nesse momento surge Ray Porter(Steve Martin), um rico e charmorso coroa que arrebata seu coração. È claro que Mirabelle se interessa por Ray e deixa o ingenuo Jeremy de lado.
Com esse enredo A garota da vitrine tinha tudo para ser mais um filme clichê envolvendo triangulo amoroso  ou então uma comédia romântica convencional no "Meg Ryan style".Ao invés disso, o que vemos é o amadurecimento dos personagens e sua busca por si mesmo. È uma exploração doce e amarga do amor no mundo real, da confusão e dos problemas de comunicação entre homens e mulheres que acabam por estragar tantos dos romances modernos. É uma história que levanta discussões e gera conversas sobre as diferentes coisas que buscamos no amor—e como às vezes nos comprometemos por aquilo que precisamos e não no que queremos justamente por não nos conhecermos.

Trailer:
 http://www.youtube.com/watch?v=YODMeNOSofo
 Diretor: Anand Tucker
Elenco: Steve Martin, Claire Danes, Jason Swartzman
Ano:2006

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

10 comentários:

Guru do Metal disse...

não assisti esse filme

Filipe disse...

nunca ouvi falar nesse filme, mas tem td pra ser bom

http://kelecatura.blogspot.com.br/

Vanessa Santos disse...

@Guru do Metal
Assita nesse fim de semana!È uma boa dica para ver nesse frio!

Vanessa Santos disse...

@Filipe
Esse filme é de 2006 e na época teve poucas cópias no cinema. È ótimo mesmo.Vale conferir!

Lu Rosário disse...

Ainda não o assisti, mas tomarei esse post como uma ótima dica!

Beijos.

Vanessa Santos disse...

A dica é otima e o filme tb!Obrigada pela passagem!

Centelha Luminosa disse...

Boa tarde Vanessa!

Apesar de não ter assistido ao filme, ele me pareceu ser bom. Quem sabe, nesse domingo eu o encontre na locadora, e a tarde, com uma pipoquinha, eu possa assistí-lo e vir aqui te falar o que achei, né mesmo?

Agradeço a sua visita ao SEMENTES PTECIOSAS, de coração!

Bjos da Lu...

J. BRUNO disse...

Olá Vanessa, confesso que não me lembrava nem de ter lido nada sobre ele até então, tua resenha me deixou curioso, principalmente por você ter comentado que ele foge dos padrões genéricos nos quais aos quais ele poderia ter se sucumbido...

http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/

Vanessa Santos disse...

@J. BRUNO

Sim,sim, ele é bem original!O roteiro foge das convenções e as atuações são espetaculares.Volte sempre!

Vanessa Santos disse...

@Centelha Luminosa
Ele é otimo! Veja e comente aqui no blog se gostou.Bjks!

Postar um comentário